terça-feira, 17 de março de 2009

3ª SÉRIE - ATIVDADE BETA


"O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO"

COMENTE ESSA FRASE.


POSTAR COMENTÁRIO ATÉ 21/03/2009

52 comentários:

Anônimo disse...

O rio Nilo ajudo muito o povoamento do Egito,pela sua água abundante.


Aluno:Igor Fermin Fernandes
serie:1ºA
nº:15

felipe disse...

porque fala que o Egito e uma dadiva do nilo?
POR QUE SEM O NILO O EGITO NAO SOBREVIVERIA A SECA.
E OS EGIPCIOS PRATICAVA A MUMIFIÇÃO PORQUE ACREDITAVA Q A ALMA PODERIA VOUTAR PARA AQUELE CORPO NOMAVEMTE
nome:felipe de sousa serie:1 ano a

lara disse...

é, o egito é sim uma dádiva do nilo. porque como a regiao é muito seca, sem o rio eles nao teriam como se alimentar ja q viviam da agricultura. mas o homem é claro teve q criar algumas técnicas para poder dar certo, ex.: quando o rio enchia de mais, eles tinham uma destruiçao total, e quando o nivel da cheia era menor, havia fome, entao o homem teve que construir dikes e reservatorios...
isso é tudo.....

Anônimo disse...

O rio nilo e um presente dos deuses pro egito, porque na verdade sem o rio Nilo o Egito não seria nada. O Egito seria praticamenti um deserto, sem agua, sem o verde.

Aluna: Sofia Helena 3°C

majorem disse...

o Rio Nilo é considerado um Deus para os Egípcíos!pois ele éa unica fonte de agua naquela área tão seca e de pouco verde para o Plantio. No tempo de cheia os escravos constroem reservatórios de aguas para que possam usar nos tempos de grande secas!


Majorem Ludma n° 18; 3° A

Anônimo disse...

O Egito é uma dadiva do nilo, porque atravez do rio nilo que o Egito pode ser desenvolvido. Porque o Egito fica em meio de dois desertos sendo que assim não poderiam sobreviver sem que estivese água por ali. Entaum o nilo é como um dos "Reis" do Egito sendo muito cultivado por eles.

Clóvis Germano
3ºA

lari disse...

O Rio Nilo é realmente um presente dos deuses para o egito.Pois o rio é como se fosse a fonte de vida para eles,pois o egito está localizado no meio de dois desertos.

Larissa Lélis de Aquino 3ºB.

Thauane disse...

Se não existisse o Rio Nilo , o Egito não seria absolutamente nada, porque o Nilo que dava tudo! Eles bebiam sua agua, faziam a agricultura e etc.
Por isso que o Rio Nilo e considerado um Deus para o Egito.

Thauane Oliveira Agra 3ºC

Miguelina disse...

Claro..graças ao Nilo que enchia durante as chuvas e depositava sedimentos e tudo que se precisa para tornar as terras férteis, ou seja, próprias para produção agrícola, o Egito obteve resultados ótimos em sua economia.


Miguelina Cuellar 3ºC

Euclides disse...

bom o rio Nilo...foi muito importante, não só Nilo mas como também os rios Tigres e Eufrates pois sem eles não haveria irrigação...também não haveria comércio entre os povos....

Euclides Caesar Moura
3º ano "A"

Anônimo disse...

Um milagre em meio ao deserto

O Nilo foi essencial para a sobrevivência do Egito,pois sem ele só haveria um deserto total.Este rio todo ano inundava e a terra em volta dele ficava altamente propensa á agricultura.Por isso,possibilitou o desenvolvimento das populações em suas redondezas.

Bárbara Évelin 3º B

~ Moises Q. ~' disse...

O rio nilo é um dos aspectos mais importantes para a sobrevivencia do povo , pois o rio nilo era comsiderado um deus para os egipcios ,sem o nilo não averia sobreviventes .

Moises Medeiros 3ªA.

S t y *_

Anônimo disse...

o egito é um verdadeiro oásis no meio do deserto por isso o historiador grego herodoto afirmou: o Egito é uma dádiva do rio nilo. seus solos ferteis e as águas do nilo contribuiu muito. Quelvin n:19 3ac

Jéssica Nunes disse...

"O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO"
já que a região do egito era deserto, deserto, deserto, e um rio no meio do deserto só poderia ser considerado dádiva mesmo.
Foi o rio que garantiu a sobrevivencia do povo no deserto, ele abriu portas para agricultura, que matava a sede, etc.

janine disse...

o rio nilo é na verdade um presente do Deuses! Sem ele praticamente nao existiria a vida, porque os povos nao sobreviveriam a seca, porque afinal, eles vivem tambem da agricultura!
3°B

Luan disse...

O rio Nilo enriqueceu o Egito. Maior rio do mundo em extensão, seu húmus fertilizava ambas as margens onde se podia plantar e colher com abundância. ALém do mais, podia-se pescar, hidratar terrenos mais secos e ter água potável numa zona considerada árida e desértica. Esta foi uma das razões pelas quais a civilização egípicia se tornou rica e famosa!!!

Luan Campos
nº 12
3ºC ( o melhor 3ºão )

Camylla disse...

Este rio todo ano inundava e a terra em volta dele ficava altamente propensa á agricultura.
A agricultura egipicia era proveniente das enchentes do Nilo,usavam sua água para beber,o rio distribuia alimentaçãoa caça e a peca ,e maior parte da riqueza.
determinava a distribuição de trabalhos nas aldeias,resumindo
O rio Nilo exerceu importância fundamental na economia do Egito.

aluna:Camila N. Hóbi
3°A

beijos ...

alineduarte012 disse...

Graças as cheias regulares do rio Nilo, os egícios puderam se fixar as suas margens, o único local habitável em meio ao deserto. Após a cheia, se forma uma espécie de limo as margens do rio, que torna as terras férteis e muito aproveitáveis para a agricultura. Por isso se diz que o Egito é uma dádiva do Nilo, porque sem o rio seria impossível a sobrevivência do povo egípcio.

Aline Duarte 3°B

Anônimo disse...

PIB :
Cairo - O Produto Interno Bruto (PIB) do Egito cresceu 5,2% no primeiro semestre de 2005 contra 4,1% no mesmo período de 2004. As informações foram divulgadas pelo primeiro-ministro do país árabe, Ahmad Nazif, na conferência Euromoney. O encontro discute a forma com que o Egito vai lidar com a globalização nos próximos dez anos, além de formas para aumentar investimento estrangeiro e desenvolver o mercado financeiro do pais.

População :
A população do Egito é de 60 milhões. Cerca de 90% dos egípcios estão concentrados nas áreas férteis do delta do Nilo e ocupam 5% do território egípcio - 44% habitam em áreas urbanas, a maioria em alguma das 4.000 cidades. No entanto, durante os últimos anos, foi constatada a imigração urbana.
Os egípcios são em geral extrovertidos, calorosos e possuidores de uma boa dose de senso de humor. Eles cultivam o respeito e têm apreço pelos turistas estrangeiros, além de serem extremamente tolerantes com indivíduos de outras raças, religiões e diferentes nacionalidades.

ECONOMIA :
A economia do Egipto tem um PIB de aproximadamente 200 bilhões de dólares, segundo o método PPP.A economia é toda baseada na agricultura, com o método de produção asiático. O faraó é o dono de todas as terras do país, organizando todo trabalho agrícola. Também administrava as construções, pedreiras, e minas. No Egito predominava o regime de servidão coletiva, onde todos eram obrigados a trabalhar para sustentar o faraó, ou pagavam tributos na forma de bens para o estado. As principais atividades econômicas exercidas no Egito eram a agricultura, criação de animais, comércio externo e forjamento de metais. Agricultura Na agricultura destacaram-se no cultivo do trigo, cevada, linho e papiro. Com o trigo os egípcios faziam pão, com a cevada, faziam cerveja, bebida muito apreciada pelos camponeses, com o linho fabricavam tecidos para confecção de roupas, e finalmente o papiro, natural do delta do Nilo, servia para fabricar cordas, sandálias, barcos e principalmente papel (papiro), muito usado até a Idade Média.

Moeda: libra egípcia.

POLÍTICA:
POLÍTICA DO EGITO
Forma de governo: República presidencialista.
Divisão administrativa: 27 governadores.
Principais partidos: Nacional Democrático, Nacional Progressista Unionista, Novo Wafd.
Legislativo: unicameral - Assembléia do Povo, com 454 membros (10 apontados pelo presidente e 444 eleitos por voto direto para mandato de 5 anos).
Constituição em vigor: 1971

O antigo Egito foi sempre uma sociedade extremamente religiosa, aspectos que iam desde o Faraó, a política até a economia. A religião egípcia era politeísta (religião em que existe vários deuses). O povo egípcio possuía um panteão de deuses muito vasto.

RELIGIÃO :
O antigo Egito foi sempre uma sociedade extremamente religiosa,aspectos que iam desde o Faraó,a política ate a econômica.A religião egípcia era politeísta(religião em que existe vários deuses ).O povo egípcio possuía um panteão de deuses muito vasto.
-Anúbis : O filho de Osíris e Néftis, criado por Ísis. Anúbis era o deus dos mortos e dos embalsamadores de múmias. Ao contrario do que se pensa o deus Anúbis era um Chacal e não um cachorro. O fato do deus ser um chacal é porque nas áreas das necrópoles em torno de Abidos, onde era enterrado os mortos, viviam e ainda vivem os chacais. Ele guarda o corpo na tumba e executa os intricados processos de mumificação. Após o embalsamento completo do morto, o deus Anúbis conduz o morto na Sala do Julgamento para a cerimônia de pesagem do coração.O filho de Osíris e Néftis, criado por Ísis. Anúbis era o deus dos mortos e dos embalsamadores de múmias. Ao contrario do que se pensa o deus Anúbis era um Chacal e não um cachorro. O fato do deus ser um chacal é porque nas áreas das necrópoles em torno de Abidos, onde era enterrado os mortos, viviam e ainda vivem os chacais. Ele guarda o corpo na tumba e executa os intricados processos de mumificação. Após o embalsamento completo do morto, o deus Anúbis conduz o morto na Sala do Julgamento para a cerimônia de pesagem do coração.
-Atum : O criador do universo, o nada de onde tudo se originou e ao qual tudo voltará. Ela foi o primeiro neter autogerado e senhor de tudo. Em Heliópolis era conhecido como o criador bissexual do paut, os nove grandes neteres que vieram depois, incluindo Shu e Tefnut, Geb e Nut, Osíris, Néftis, Ísis, Hórus e Set. Ele era chamado O Completo. Atum é retratado como o outeiro que se ergue acima do mar ou a serpente orobórica mordendo a própria cauda.
-Aton : Deus criador único cultivado pelo Faraó monoteísta Akenaton (Amenofís IV). A palavra aton significa 'o disco'. Como um deus, Aton assumia a forma do Sol com braços humanos segurando o símbolo da vida, o ankh. Em Tebas, o culto de Aton substituiu temporariamente o de Amun. Quando os sacerdotes de Amun recusaram-se a cooperar com ele, Akenaton transferiu seu templo para Tel el-Amarna, mas logo depois da morte de Akenaton, o templo de Tel el-Amarna foi destruido.
-Bastet : A deusa gata, que era a forma domestica da leoa Secmet. Dizia-se que Tot apaziguara a veracidade sanguinária de Secmet dando-lhe vinho para beber, então Bastet se tornou a deusa dos festivais e da intoxicação. Chamada de a Senhora do Oriente pois é filha de Rá. Era representada como uma mulher com cabeça de gato ou cabeça de leoa.
-Bes : O deus anão com barba, juba de leão e uma face monstruosa, a língua pressionada entre os dentes como quem ri ou amedronta os espíritos do mal. Era o deus que protegia as mulheres no parto, afastava os pesadelos das crianças e trazia sorte e fortuna.
-Hator : A mais antiga deusa celeste. Hator foi o protótipo pré-histórico que deu origem a Ísis. Há confusão entre as duas deusa, durante a época pré-histórica. Ísis era a Grande deusa do Delta e Hator, a Grande deusa do Alto Egito. Como Nut, ela ostenta um disco solar, erguido pelos chifres de vaca. Em outras épocas ela aparece com uma cabeça de vaca. Também assume a forma de leão, filha de Rá e seus aspectos gêmeos eram Secmet e bastet. Quando assume a forma humana é a deusa do amor, da beleza e da dança, mas exibe pequena orelhas de vaca. Hator era a mãe celestial e protetora da astrologia.
-Hórus : Hórus era a encarnação do dia, aquele que combateu o deus Set heroicamente em sua personificação das trevas. Com sua vitória teve o direito de governar o Egito. A duas histórias sobre a origem de Hórus, mas ambas ele possuía a forma de um falcão. A primeira história conta que o deus Hórus era filho primogênito da deusa Hator e era chamado de O Distante. Mais tarde ele tornou-se filho de Geb e Nut, o irmão de Ísis e Osíris. Durante a batalha contra Set, o deus do mal arrancou o olho de Hórus, mas o deus Tot o curou, restituindo-lhe a visão. Depois disso, o olho azul - esverdeado de Hórus, tornou-se um dos mais poderosos talismãs de cura do Egito. A Segunda história era que o deus Hórus era filho de Ísis e Osíris, nascido nos pântanos de papiro, no delta. Criado pela mãe, tornou-se o vingador do assassino do pai , travando uma batalha contra o tio Set. Segunda a lenda egípcia o olho de Hórus foi curado pela deusa Hator, mas em histórias narradas pelos gregos o olho foi curado pelo deus Tot.
- Imhotep : O arquiteto que desenhou a pirâmide de Saqqarah para o rei Djoser durante a Quinta Dinastia. Foi um grande erudito e médico. Nas dinastias posteriores tornou-se o patrono de todos os sacerdotes e escribas, a única figura histórica no antigo Egito não pertencente à família real, que atingiu a estatura de deus. Era considerado filho de Ptah e Secmet, um senhor do saber e da cura.
-Isis : Rainha do Céu e da Terra, esposa de Osíris, mãe de Hórus e filha de Nut. Ela assumiu o tributo de Hator como deusa tríplice do céu, usando a coroa de chifres de vaca desta deusa. Ela também usava as asas de abutre de Mut. Ísis era reverenciada como mãe extremosa, esposa fiel e carpideira devota.
- Maât : Deusa da verdade, justiça, equilíbrio, moralidade e lei cósmica, ela aparece como uma mulher alada usando uma pena de avestruz. A presença dela no ritual mortuário era essencial. Na Sala do Julgamento de Osíris, sua pluma, colocada na balança, era pesada contra o coração para medir a leveza ou o peso da alma. Era o coração que se lembrava de todas as ações praticadas em vida.
- Néftis : Filha de Geb e de Nut, carpideira e amante de Osíris, irmã consoladora de Ísis. Era casada com Set. Não tendo filhos com Set, teve um filho com Osíris, o deus Anúbis. Enquanto Ísis encarnava o poder feminino da luz, Néftis encarnava o poder feminino das trevas. Na tumba, ela ficava na cabeceira do sarcófago e Ísis, nos pés.
- Osíris : Marido de Ísis, irmão de Set, pai de Anúbis e Hórus e filho de Geb e Nut. Foi morto duas vezes por seu irmão Set - por afogamento e depois por desmembramento - depois suas irmãs, Néftis e Ísis, ressuscitaram no além que acaba governando o mundo subterrâneo. Nos desenhos encontrados em tumbas, Osíris apresenta-se como uma múmia com uma coroa do alto Egito e duas plumas.
- Set : restrições. Em alguns mitos ele defendia Rá, o deus Sol, contra a serpente das trevas. Logo depois que a agricultura dominou a vida dos egípcios, passou a ser conhecido por sua natureza violenta e destrutiva. Impaciente para esperar a hora de nascer, ele atravessou os flancos da mãe, Nut. Assassinou seu irmão Osíris e usurpou o trono do Egito. Mas disputou o trono com seu sobrinho Osíris que saiu vitorioso.
- Sobek : Era o deus crocodilo. Alguns textos afirmam que Sobek emergiu das águas de Num no momento da criação, outros dizem que ele era filho de Neit, tirado das profundezas do fluido de seu corpo. Suas mandíbulas escancaradas simbolizavam o grande abismo. Sobek governava grandes extensões de água, incluindo o Nilo, canais e oásis.
- Tot : Deus da sabedoria e do intelecto divino. Como deus da lua era o Ser Silencioso e o Belo da Noite. Tot era o patrono dos escribas, dos médicos e dos sacerdotes. Amante da verdade, da lei e do número, ele estava ligado a deusa Maât. Ele tinha forma de um íbis, babuíno e um homem com cabeça de íbis carregando uma paleta e uma pena de escriba. É o deus Thot que anota os resultados da pesagem do coração do morto, no Tribunal de Osíris.

-MOEDA
Moeda: libra egípcia.

Aluno:Cássio Nascimento 1°A N° 6

Anônimo disse...

O rio Nilo tornou-se dádiva para os egípcios não só por crenças religiosas (pois acreditavam que o Nilo era uma divindade provedora de alimentos), como também por ser essencial para a existência de cidades. O rio era utilizado como via de transporte (tanto de mercadorias como de pessoas), irrigação da agricultura, bebiam a água e pescavam. Após a cheia do rio, ficava na margem um lodo fértil (húmus) que fertilizava o solo para o plantio. Nos dias de hoje, o rio também é utilizado para a geração de energia elétrica, através da usina hidrelétrica de Assuã.


Olga Marina *18* 3° C



.

edlatrajano disse...

O Egito é uma dádiva do Nilo, por quê?
Porque a civilização egipcia só prosperou graças ao rio Nilo. Este rio todo ano inundava e a terra em volta dele ficava altamente propensa á agricultura.





Édla Celestino.3º ano C

Anônimo disse...

O rio nilo é relmente um presente dos deuses para o Egito , ja que ele e a unica fonte de agua naquele região seca , que se localiza entre dois desertos.Era usado como via para navegações, e era essência para a agricultura já que a terra era seca e pouco verde .


Icilla Fernanda 3ºB

Gláucia Lima Gomes disse...

Porque o rio Nilo é que fornecia água necessária á sobrevivência e ao plantio, e as cheias do Nilo depositavam uma rica camada de húmus em suas margens,fertilizando o solo e etc.Ou seja o Egito era um oásis ao deserto...

Aluna:Gláucia. 3ºA

Anônimo disse...

Como todos sabem a civilização egipcia desenvolveu-se em uma estreita faixa de terra no nordeste da África. Por ser uma região de clima árido e seco o Nilo foi muito importante, pois fornecia a água necessária à sobrevivência e ao plantio e também com as cheias periódicas o rio Nilo depositava uma matéria orgânica que fertilizava os solos e os deixava propicio para o cultivo.
Por isso a afirmação: "O Egito é uma dádiva do rio Nilo".


Mariana G. Velozo 3ºC

Taiane disse...

Em um certo periodo, o rio Nilo inunda grande parte de suas margens e, no periodo de seca, essas margens tornam-se muito ferteis. Desse modo, os egípcios controlaram e aproveitaram esses solos ferteis para desenvolver a agricultura.
Por tal importancia para a sobrevivenvia do povo egípcio, o Nilo tornou-se um deus.

Taiane nº 24
3ºA

Deise disse...

Bom como a frase já diz o Egito e uma dádiva do Nilo, pois os egípcios eles aproveitavam das “vantagens” que esse rio proporcinava a eles um exemplo e quando anualmente ocorria inundaçoes, depositando nas margens sedimentos que tornava a terra fertil para cultivos agricolas e alem do mais fornecia a água necessária para sobrevivência desses povos.

Deise Daiene 3ºA nº 9

TAINAZINHA disse...

Foi aproveitamento das cheias do Nilo que determinou a ocupação do Egito por comunidades agrícolas.
Já nesse momento firmaram-se as bases que por séculos acompanhariam todo o desenrolar da história egípcia antiga, prática da agricultura como eixo da vida econômica.
Das águas do Nilo também prosperam até hoje o cultivo de papiros e a olaria que ainda são confeccionados no antigo estilo egípcio , feito a mão.



Tainá Alves Camargo n°24

3° Ano C'

Joyce disse...

O Egito é uma dádiva do Nilo porque
a civilização egípcia prosperou na região em decorrência das questões naturais favoráveis do rio Nilo que banha as terras egípcias e fertiliza as terras localizadas às suas margens, permitindo a ocupação humana; sem o rio Nilo não teria sido possível o seu desenvolvimento porque o Egito esta localizado no meio de dois desertos!

Anônimo disse...

Para o Egito o rio nilo é uma dádiva, pois sem ele como sua população poderia sobreviver em um deserto. O Rio Nilo proporciona à população tudo o que é necessário para uma sobrevivência adequada pois com ele sua população pôde desenvolver a agricultura.

Anônimo disse...

José Adalberto N°10 3°C

Anônimo disse...

O Nilo foi muito importante para o Egito principalmente em relaçao a sua sobervivencia,tanto que eles trabalhavam em funçao do rio,pois tinha epoca que o seu nivel baixava,entao eles trabalhavam com a irrigaçao e fazendo canais para levar agua a populaçao,vamos dizer que o rio funcionava como uma rede de abastecimento de agua.
O rio tambem foi muito inportante em relaçao a exportaçao e a agricultura, pois os egipcios alem de ter o solo fertil, eles desenvolveram o sistema de irrigaçao bem desenvolvido que foi onde eles obetiveram muito sucesso.E em relaçao a exeportaçao que acontecia atraves da navegaçao eles nao davam tanta inportancia ,mais apesar disso eles vendiam algums produtos que eles fabricavam tipo cerâmica,linho e ate o o que eles cultivavam como o trigo e exportavam esses produtos para a Feníncia,Creta e Plestina.
Para mim se o Egito nao tivesse o rio Nilo talvez essa civilizaçao nao teria nem existido.
Tainan Vieira T.de Araújo n:25 3 ano C

Anônimo disse...

O ´Antigo Egito` se localizava entre o Mar Mediterrâneo, Rio Nilo, deserto da Arábia e da Líbia, sendo difícil se desenvolver qualquer atividade naquela região e até mesmo a própria existência da civilizaçao, então é aí que o Rio Nilo entra sendo de muita importância. Só foi possível o desenvolvimento do Egito através do Nilo, pois todos os anos as inundações depositavam á margem uma terra que possibilitava a prática da Agricultura.
Os Egípcios dependiam então desse rio para sua sobrevivência, e além disso ele era a única via de transporte das pessoas e dos materiais para o comércio.
Por isso a frase: ´´O EGITO É UMA DÁDIVA DO NILO``

Aluna: Ana Cláudia
Série: 3° C
N: 02

Anônimo disse...

O Rio Nilo é considerado um Deus para os Egípcios, pois a sua civilização só pode se desenvolver graças as suas inundações. Todos os anos acontecia o mesmo processo: o Nilo enchia, depositava todos os adubos necessários , que fertilizava o solo possibilitando a agricultura na região. Apesar dessa dependência que o Egito tinha do Nilo, era preciso a inteligência e a organização do governo, pois o rio não fazia tudo sozinho era necessário construir barragens, canais para fazer irrigação e levar água até os locais mais distantes. Todos os anos era preciso uma mobilização em conjunto de toda aquela civilização para aquelas águas do Nilo serem ao máximo aproveitadas.

Daniela Sales
3° C

Anônimo disse...

essa frase explica que o rio nilo e um presente dos DEUSES para os egípicios,sem o rio nilo a sobrevivência deles seriam muiito díficil.

Helberson 3C.

Anônimo disse...

Essa frase explica como a civilização egípcia conseguiu se estabelecer em meio ao deserto: graças ao rio NILO. Sem ele, o reino egípcio não teria condições de sobreviver no extremo calor do deserto. Com a presença do rio Nilo, foi possível conseguir água potável, praticar a agricultura e montar um reinado, e até hoje podemos ver a grandeza que foi o Egito antigo, graças ao NILO.

Anônimo disse...

Essa frase explica como a civilização egípcia conseguiu se estabelecer em meio ao deserto: graças ao rio NILO. sem ele, o reino egípcio não teria condições de sobreviver ao intenso calor do deserto. Com a presença do NILO foi possível conseguir aguá potável, praticar a agricultura e montar um reinado, e até hoje podemos ver a grandeza que foi o Egito antigo, graças ao NILO.

MAICON MASCARENHAS BONFIM N° 13 3°C

Anônimo disse...

O Egito é considerado uma Dádiva do Nilo, porque em uma certa época do ano acontece uma cheia que,quando acaba, deixa o solo propício para a plantação. Que era o unica fonte de sobrevivencia dos Egipcios.


Clícia Êmile 3° A

Michelly Cohen disse...

Como a região era desértica, o rio Nilo ganhou uma extrema importância para os egípcios. O rio era utilizado como via de transporte (através de barcos) de mercadorias e pessoas. As águas do rio Nilo também eram utilizadas para beber, pescar e fertilizar as margens, nas épocas de cheias, favorecendo a agricultura...

Michelly Cohen 3ºC

Anônimo disse...

A rio Nilo foi de extrema importância para o desenvolvimento da sociedade do Egito Antigo. Numa região desértica, o rio assumiu funções prioritárias na sociedade. Os egípcios usavam a água para beber, pescar e irrigar a agricultura (através de canais de irrigação). Após a cheia do rio, ficava nas margens um lodo fértil (húmus) que fertilizava o solo para o plantio. O rio era utilizado também como via de transporte de mercadorias e pessoas.
Esse rio e de grande importancia para o Egito.
O Egito sem o Nilo seria um deserto !!!!

Vitor Paixão n° 28
Serie:3° C

Anônimo disse...

O Egito sem o rio Nilo nao seria absolutamente nada,pois só atraves do rio o Egito conseguia ter sucesso na sua vida economica e possibilitar uma vida melhor para o seu povo.Sem o rio Nilo na existiria de forma algumao Egito.


ALUNA: SCARLET VIEIRA 3°C

Anônimo disse...

O Egito é localizado no deserto do Saara cerca de 95% do seu territorio localiza-se no Saara, Esse fato impossibilitava e fixação do homem e a criação de cidades.o Nilo banha 5% das terras egipcias e atraves deste rio eles conseguiam tudo para a sua sobrevivencia e economia e por isso Heródoto afirma que o Egito é uma dadiva do Nilo.

Aluno:Hícaro Ricardo n 09 3C

andrei disse...

O Egito é uma dádiva do Nilo,pois é um país cercado por dois desertos e sem o rio Nilo não haveria povoamento e a agricultura,que
só era possível graças ao Nilo.

andrei disse...

aluno:Andrei Rauly Lima da Cunha
3°A

Anônimo disse...

o Egito mesmo cercado por deserto ,apresentava fatores naturais que fizeram com que o homem ficasse naquele local: o principal é o rio Nilo que fornecia agua suficiente para à sobrevivência e o plantio,mas também os solos férteis, que nas cheias do Nilo depositavam uma rica camada de húmus em suas margens fertilizando o solo.

CHRISTOFER C.N.S. n°06 3ºA

brenda disse...

'O rio Nilo é considerado Dádiva,era ate conhecido como um deus.
por abencoar as terras ajudar na agricultura. por isso era uma dadiva!

Aluna: Brenda adriao
3.A

Larissa disse...

Pois a o rio nilo que deu suporte para a agricultura, com as cheias que fetilizava a terra, facilitando a plamtação.

Aluna: Larissa Amaral 3ºA


professora fiquei sem internet a semana inteira, por favor considerar este comentario.

Hélio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hélio disse...

Nilo vem sendo o rio da vida para o Egito e para seu povo, mantendo a existência e servindo de base a uma civilização.
Sem o rio, a terra teria sido infecunda. Graças a ele, os faraós governaram uma das terras mais ricamente dotadas na época. O rio deu prosperidade aos que viviam em suas margens; o deserto que se estende álem do rio deu-lhes segurança.
HÉLIO PESTANA N°14 3°B

Anônimo disse...

Essa frase é dita pelo fato de a civilização egípcia ter prosperado na região próximo ao Nilo em referencia as questões naturais favoráveis do rio Nilo, e o Egito atualmente ainda depende do Nilo, por isso se tem a “idéia” de que o Egito é um “presente” dado pelo rio. Afinal aproximadamente o Nilo concentra-se em 5% das terras egípcias, permitindo assim a ocupação humana.


Carini Barcelos
3° ANO B

Obs. Aceita ai vai professora...Abre essa exceção.

Anônimo disse...

Há 5000 anos, o Nilo vem sendo o
rio da vida para o Egito e para seu povo, mantendo a existência e servindo de base a uma civilização.
Essa frase foi dita por Heródoto, uma frase muita sabia,porque do
Rio Nilo o Egito tira todo o seu sustento e crescimento...
O Rio deixa o Egito com a terras super vertes...
O rio Nilo condicionava a economia do antigo Egito e determinava-lhe a estrutura política fazendo o Egito, desde o início, ser uma nação agrícola. O grande rio era quase a única base da economia do país.
O rio também determinava todos os valores imobiliários da época.

O Egito era mesmo uma grande dádiva do Niloo...

Camila Nunes da Silva N°10
3° ano "B" .

Marcos Bruno disse...

O Egito é uma dadiva do nilo, porque atravez do rio nilo que o Egito pode ser desenvolvido. Porque o Egito fica em meio de dois desertos sendo que assim não poderiam sobreviver sem que estivese água por ali. Entaum o nilo é como um dos "Reis" do Egito sendo muito cultivado por eles.

marcos bruno 3ºB

sergio disse...

Tenha 514 canais em sua casa www.tvhd.com.br